O que acontece no cooperativismo mundial

Cursos virtuais

A Cooperativas das Américas e o Centro de Estudos da Economia Social da Universidad Nacional de Tres de Febrero (UNTREF), da Argentina, estão com dois cursos virtuais programados para maio: a terceira edição de “O Balanço Social Cooperativo”, que se inicia no dia 23; e a segunda edição do “Cooperativismo e Gênero: desenvolvimento de competências para uma liderança efetiva com equidade de gênero”, que começa dia 16 de maio.


Quebec ganha cooperativa de desenvolvimento de videogames

mundo_175 profissionais da cidade canadense de Quebec uniram-se e fundaram uma cooperativa de desenvolvimento de videogames.

Apresentada publicamente em 5 de abril, a cooperativa tem como objetivo fortalecer a comunidade de desenvolvedores daquela cidade, consolidando os estudos existentes e apoiar jovens que tenham concluído estudos nesse campo, organizando eventos para troca de experiências.


Oikocredit experimenta um crescimento histórico en 2015

mundo_3A Oikocredit, cooperativa mundial de crédito voltada ao apoio financeiro para desenvolvimento de projetos que buscam combater a pobreza e empoderar a população de países pobres, em 2015 superou a marca de € 1 bilhão em ativos totais, além de ter aumentado em 23% sua carteira de financiamento do desenvolvimento, excedendo os € 900 milhões.

Hoje, a cooperativa conta com 809 organizações associadas em 69 países. A meta para 2016, segundo seu diretor executivo David Woods, é dar continuidade ao desenvolvimento de uma carteira de qualidade e diversificada que permita à cooperativa cumprir com seus objetivos sociais, ambientais e financeiros.


Cooperativas italianas ajudam na integração de refugiados

mundo_2Na Itália, algumas cooperativas estão integrando imigrantes, incluindo refugiados e requerentes de asilo. Camelot, por exemplo, uma cooperativa social das cidades de Bolonha e Ferrara, fundada por 12 jovens em 1999, está trabalhando junto ao sistema de proteção para os solicitantes de asilo e refugiados, oferecendo uma ´serie de serviços, que incluem orientação, cursos de formação, ensino do idioma italiano e estágios em organizações da região. Até o momento, a cooperativa atendeu 541 adultos e menores. Vale destacar que ela emprega 200 pessoas, das quais 20% são imigrantes.


Mulheres à frente na direção de cooperativas de seguros

Estudo recente da Federação Internacional de Cooperativas, Mútuas e Seguros mostra que essas instituições estão dando espaço para que mulheres assumam cargos de direção.

O estudo da ICMIF, entre outros números, mostra que 9 das 100 maiores cooperativas e mútuas de seguros do mundo têm uma mulher na direção executiva, enquanto que 1 entre as 100 maiores companhias de seguros em âmbito mundial são dirigidas por uma mulher.

 

Tags:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BOLETIM SEMANAL

Receba o Informativo MundoCoop com as principais notícias do setor cooperativista.

Scroll to top